Shit Tests: Todo Homem Será Testado

Ainda na pegada do post anterior sobre casamento, vamos prosseguir no tema de relacionamentos. Hoje vou falar sobre shit tests.

Shit tests é o termo que os yankees usam para definir os rotineiros testes que as mulheres fazem com os homens – sejam eles potenciais relacionamentos ou atuais namorados e maridos. São aquelas ‘prensadas contra a parede’, visando testar a capacidade dos homens. Invariavelmente, todas as pressões que elas imprimem respingam em tomadas de decisões que atingem DIRETAMENTE as possibilidades de alcançar a IF. Portanto é um assunto de fundamental importância à ser abordado na finansfera, majoritariamente (e inegavelmente) constituída de homens.

 

Qual o propósito dos Shit Tests?

As mulheres realizam inúmeros shit tests desde o primeiro contato com um homem que lhe interesse, perdurando por todo o relacionamento e também após eventual término. É um jogo que nunca acaba. Aqui reside o primeiro erro dos homens comprometidos: acreditar que após o início do relacionamento a mulher vai hastear a bandeira branca. Errado.

Diferentemente do que é ensinado na cultura ocidental a partir da década de 60, as mulheres que testam constantemente os limites dos homens precisam (e inconscientemente querem) ouvir a palavra “NÃO”. Frequentemente elas testam a ‘linha d’água do limite’ até ouvir esta palavra. Enquanto elas não visualizarem uma barreira, ou seja, a negativa do homem para os pedidos – que podem evoluir dos pequenos incômodos até aos mais irracionais e absurdos possíveis – elas vão prosseguir até encontrá-los.

O shit test é utilizado com um propósito: aferir se o homem que ela escolheu é realmente a opção correta (isto inclui relacionamento esporádico, namoro e casamento). A pergunta chave que ela sempre tem em mente é: “este homem permanece sendo fiel aos seus próprios interesses e ambições ou sucumbe após os testes, exigências e pressões recebidas por mim?”

 

Da mudança cultural nos anos 60

Sem título4

A sociedade ocidental nos últimos 60 anos enfrenta uma completa feminilização da figura do homem anteriormente estabelecida no começo do século XX. Uma grande depressão econômica e duas guerras mundiais foram o contexto cultural que os homens mais velhos foram moldados. No entanto, os padrões comportamentais que antes eram enaltecidos hoje são vilipendiados.

Quantos homens mudam de curso na faculdade para se alinhar aos interesses de sua namorada? Quantos desistem de certos trabalhos ou abdicam de opções de negócios apenas para não criar atritos em seu relacionamento? Quantos, evitando um desagrado do cônjuge, sequer cogitam abrir mão de um financiamento de carro ou casa evidentemente prejudicial? MUITOS, e isto utilizando uma estimativa baixa.

No século XXI, um homem ocidental que é fiel aos seus próprios sonhos, objetivos e interesses é trucidado com as mais diversas objeções socialmente impostas através dos últimos 60 anos. Basta analisar o que observamos atualmente na mídia, redes sociais, músicas e demais meios de comunicação.

Aqui não cabe indicar se o pensamento da primeira ou segunda metade do século XX é o correto. Cada leitor deve, através do seu próprio raciocínio, chegar as próprias conclusões. O Termos Reais não tem  objetivo em doutrinar nenhum membro da finansfera. Nosso objetivo é, e sempre será, estabelecer uma discussão aberta e colocar todas as cartas na mesa, com uma única finalidade: alertar aos leitores sobre todas as armadilhas rumo a IF.

 

Shit Tests e Independência Financeira

Imagine que você é uma obra de arte em uma parede de galeria. Você é mantido alinhado e apresentável justamente por conta do quadro em que você é mantido. Se o quadro é retirado, sua imagem dobraria e você cairia no chão. No sentido físico da metáfora, se você se dobra perante aos shit tests, a sua imagem cai no chão. Uma obra no quadro tem muito mais valor do que uma imagem amassada no chão. Simbolicamente, dobrar significa que você “perdeu o controle e desistiu” no shit test, deixando de lado os próprios sonhos, ambições e projetos. Seu valor se foi.

Separar IF de relacionamentos é impossível, pois eles estão intrinsecamente relacionados. Todos os seres humanos, sejam eles masculinos ou femininos, vão experimentar relacionamentos inter gêneros. O nosso objetivo hoje é deixar uma reflexão para a comunidade da finansfera( inegavelmente masculina): as mulheres mais desejadas pelos homens têm parceiros que: a) Cedem aos shit tests, abrindo mão dos próprios sonhos e ambições ou b) Foram firmes em relação aos próprios interesses e ambições, não hesitando em dizer NÃO para aquilo que não convergia com seus projetos e sonhos?

Busque um olhar desapaixonado sobre o tema – o que admito ser difícil em primeira vista – e nos conte o que você pensa a respeito.

Sem título

DiCaprio é reconhecido pelo comprometimento em busca do sucesso e não necessariamente em seus relacionamentos. Do cenário do cinema underground de Los Angeles até o topo de Hollywood, o ator teve 15 relacionamentos – incluindo mulheres como Gisele Bundchen. A sociedade pode criticar os métodos, mas não os resultados: $245 milhões e 11 vezes coroado com o Golden Globe Awards. Inegável dizer: Di Caprio é desejado por todas as mulheres – incluindo aquelas que, publicamente, criticariam o seu comportamento na esfera dos relacionamentos.

 

Conclusão

Os shit tests não são usados apenas pelas mulheres. Independentemente do gênero, as pessoas rotineiramente testam as outras, sempre com algum objetivo como pano de fundo. Acontece no círculo corporativo, político, social, religioso, familiar, etc.

Especificamente sobre as mulheres, os shit tests são usados para testar o homem – seja ele um prospecto de companheiro ou a escolha atual. Quanto a primeira opção, trata-se de uma seleção e quanto a segunda trata-se de um ‘check up’ de rotina. Mas a essência de ambas é a mesma: verificar se as premissas de escolha permanecem válidas.

As mulheres querem homens fiéis aos próprios interesses, sonhos e ambições, apesar de todas as mensagens debilitantes impregnadas pela sociedade pós anos 60, que propagam a mensagem no sentido contrário.  Uma análise fria e profunda dos relacionamentos de mulheres desejadas pela comunidade masculina é o suficiente para verificar que elas optam por homens ambiciosos e fiéis aos próprios sonhos em detrimento daqueles que sucumbem às pressões e exigências formuladas por elas mesmas.

O “NÃO” comunica subconscientemente a uma mulher que os SEUS objetivos superam o poder que ela exerce através dos shit tests. Quando um homem diz “NÃO”, mantendo-se fiel aos seus planos, projetos e ambições, seu valor aos olhos da mulher aumenta e consequentemente ela passa a respeitá-lo e vê-lo como prêmio. Pensa ela: “este é um homem para me manter aliada”. Em contrapartida, ao ceder o seu valor perante os olhos femininos despenca: a pintura sai da moldura e se espatifa no chão.

Quais lições aprendidas nos relacionamentos e os respectivos shit tests que vocês levam para vida? Quantos de vocês já abriram mão de sonhos, projetos e ambições para se enquadrar nos shit tests?

 

 

Advertisements

14 thoughts on “Shit Tests: Todo Homem Será Testado

  1. Muito bom o seu post. Voce ja leu as obras de Nessahan Alita? Ele fala muito o que voce disse no post. O que temos visto ao longo das decadas é a “feminilização” do homem. Outro fator determinante que percebemos é o caso da Suécia. O homem perdeu as redeas de la, as leis punem muito mais homens do que as mulheres nesse país nordico e o que presenciamos lá é recorde de divorcios.

    Like

    • Fala Vitor!

      Li apenas alguns trechos de suas obras, portanto não tenho uma opinião substanciosa sobre ele. Me corrija se estiver equivocado, mas ele é um dos pioneiros neste assunto nas épocas pós anos 2000. Não sabia que os pontos de vista dele convergiam com os meus. Interessante!

      Em relação a Suécia, infelizmente lamento dizer que este efeito colateral observado vai se estender por todo o mundo Ocidental – se é que já não está ocorrendo neste exato momento.

      Abs!

      Liked by 1 person

      • Me passe um email seu que te mandarei as obras dele em pdf..Seus pontos convergiram muito com as obras de N.A… Alem dele, vou te mandar outras obras interessantes a respeito deste tema. Abraço

        Like

  2. Eu sempre fui focado no meu crescimento pessoal. Já tive namoradas que tentaram desviar meu foco e assim os namoros acabaram. Pode reparar que a mulher quer um homem completo, desapegado e frio em certos termos. O homem que foca no seu crescimento e nao vai no jogo delas é sempre o mais destacado e procurado.

    Like

    • Fala João!

      As mulheres gostam de usufruir dos resultados, elas não se preocupam com a jornada. Os homens precisam entender que quando assumem um relacionamento, precisam investir tempo, energia e recursos financeiros nele. E, apesar de todo investimento, o retorno é incerto. Basta observar para o lado e verificar relacionamentos que devastam a vida de vários homens – tanto em aspectos financeiros quanto psicológicos.

      Caso este mesmo tempo, energia e recurso fosse investido no desenvolvimento pessoal, o resultado no longo prazo é certeiro. Desconheço homens que devotaram a investir em si próprios e se arrependeram posteriormente.

      Visto o seu exemplo, cabe mencionar que é mais um à ser acrescido na lista.

      Abs!

      Like

  3. Excelente post TR,

    Todas as mulheres que já me relacionei eram cheias de jogos, mas aqui jogava em nível hard foi aqui fui casado por alguns meses. Depois do casório isso ficou insustentável, então a melhor coisa foi pular fora, pois eu não admito ninguém tentar parar meus projetos, puxar para um mundo que eu não pretendo voltar (a matrix que a maioria vive).

    Abraços.

    Like

    • Grande Cowboy

      Sabe qual foi o maior downside financeiro que os homens da lista 500 da Forbes sofreram ao longo da vida?

      Divórcio. Não foram ações, nem bolsa, nem especulações, nem quebras. Foram mulheres levando 50% (no mínimo) do patrimônio.

      Abs!

      Like

  4. Pois é TR.
    Creio que esse seja um dos motivos de algumas ex-namoradas voltarem a correr atrás.
    Creio que alguns amigos tenham passado pelo mesmo.
    Elas fazem jogos, e jogam pesado, e quando você mantém sua postura, por vezes elas se afastam (só pelo orgulho), dizem que é a última vez, perguntam se você tem certeza.
    Você faz o que tem que fazer e logo elas voltam.
    Difícil é encontrar uma que te acompanhe na jornada.
    Como foi dito, elas não se preocupam com a jornada, ou, no mínimo, não estão dispostas a passar por algumas coisas durante a sua jornada.

    Enfim, o tema é interessante, “polêmico” e de muita importância.

    Acho que vale um comentário aos “desavisados”: não precisa ser escroto pra dizer não. Nem ficar dizendo não pra tudo só “pra mostrar quem manda”. Um olhar cuidadoso no texto mostra o cerne da questão: se você se mantém fiel aos seus interesses e ao seu projeto de vida, os quais, diga-se de passagem, fizeram ela escolher você e não um dos outros caras.

    Abc

    Like

    • Fala FPI

      Você foi perfeito no arte de extrair a essência deste post. O homem que se mantém fiel aos próprios interesses é considerado com comportamento ‘errado’ pela sociedade que vivemos. Preliminarmente pode parecer contrassenso, mas aqueles que assim o fazem são justamente os que são objeto de desejo pelas mulheres e de admiração como ‘bem sucedidos’ para seus pares masculinos.

      Já aqueles que abrem mão dos próprios sonhos, mas acabam sendo vítimas do downside de um divórcio, são rotulados como fracassados, mesmo que tenham seguido à risca as regras morais da sociedade do século XXI.

      Abs!

      Like

  5. Fala termo, tema que rende muito esse ein, constantemente entro no embate com a minha digníssima sobre isso e é incrível como ela quer participar do fim, mas do meio para atingi-lo é complicado. apesar dela me incentivar em várias coisas. Creio que aos poucos ela está mudando, mas ainda vai demorar um pouco.

    Like

    • Fala Maromba. Em minha experiência – e também levando a experiência de muitos colegas meus – não conheço NENHUM caso em que a mulher cessou os shit tests. Ela apenas oscila entre períodos infernais e períodos mais suaves, de acordo com os interesses próprios da mesma.

      A menos que você seja sortudo e seja o ponto fora da curva de todas as estatísticas, sempre tenha em mente que eles não vão parar, e você sempre deve se manter fiel aos seus projetos, planos e sonhos.

      Abs!

      Like

  6. Pingback: Livin La Vida Loca – O Funcionário de 28 Anos Vencedor da Loteria | Termos Reais

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s