Seja McGregor – Ousadia e Risco Assimétrico

“Ser prudente é antes de tudo ser medíocre*” – Assis Chateubriand. Magnata das comunicações no Brasil entre 1930-1960, dono do maior conglomerado de mídia da América Latina, com mais de cem jornais, revistas, emissoras de rádio e TV.

*medíocre: de qualidade média, comum, modesto, pequeno, pobre, banal

Quem assistiu Floyd Mayweather x Conor McGregor este sábado (26/08/2017) viu um lutador de MMA encarando o maior lutador de boxe de todos os tempos (ao lado de Rocky Marciano, Ali e Tyson). Era visível que McGregor se defendia errado, atacava errado e se posicionava errado. Floyd deu uma aula de boxe, alcançando 50 vitórias em 50 lutas sem nunca sequer ter sido derrubado. Incontestavelmente uma lenda.

McGregor pegou uma raquete de ping pong e foi para a quadra de Wimbledon enfrentar o Roger Federer do boxe. McGregor é um derrotado? Não. McGregor é um vencedor. E ele é o arquétipo perfeito da combinação ousadia e risco assimétrico.

Ousadia

“Ponha-se a trabalhar sempre sem receio de imprudências. O medo do fracasso na mente de quem age já é, para o observador, evidência de fracasso. Ações são perigosas quando há dúvida quanto a sua sensatez, seria mais seguro não fazer nada.” Baltasar Gracián

Os seres humanos são tímidos. Até os mais extrovertidos querem evitar tensões e conflitos. Todos admiram o corajoso e preferem ficar perto dele. Sua autoconfiança nos contagia e nos arranca do nosso próprio reino de introspecção e reflexões.

Sem título3

Audácia e hesitação despertam reações psicológicas diferentes: a hesitação coloca obstáculos no caminho, a audácia os elimina. As pessoas têm uma percepção para pessoas hesitantes. Quando você demonstra hesitação, indicando que pode ceder e se retrair, acaba despertando o leão nas pessoas. Elas vão te controlar sem misericórdia.

Um movimento corajoso faz você parecer maior e mais poderoso do que é.  A hesitação cria lacunas, a coragem as desfaz. Mc Gregor desde sempre foi conhecido pela sua postura ousada – tanto nas lutas quanto em suas entrevistas. Seu estilo de caminhar e se vestir também não fica para trás.

Esta confiança contagia uma legião de fãs ao redor do mundo, atrai a atenção da mídia, cria mais fãs ainda, consequentemente causando mais exposição midiática, se tornando um ciclo virtuoso. A ousadia de Mc Gregor proporcionou o ambiente perfeito para a maior oportunidade de risco assimétrico de sua vida: Floyd Mayweather.

Risco Assimétrico

“Um homem sensato apaixonado pode agir como um louco, mas não deve nem pode agir como um idiota.” François de La Rochefoucauld

Risco é subjetivo e não bidimensional. A velha afirmativa de que recompensa é proporcional ao risco é correta, mas assim como toda regra, existem exceções.

Já falei sobre risco anteriormente, mas não custa relembrar: risco é a probabilidade de insucesso de determinada escolha, em função de acontecimento incerto, cuja ocorrência não depende exclusivamente da vontade dos interessados.

Mc Gregor ganhou USD 30 milhões apenas para pisar no ringue com Floyd. Caso as expectativas dos Pay Per View se confirmem, sua receita com esta luta pode aumentar para USD 130 milhões.

O risco está presente em toda nossa vida. Todas as decisões apresentam riscos. Ocorre que a recompensa nem sempre é proporcional ao risco. Se eu tenho chance de ganhar até USD 130 milhões para colocar os pés em um ringue (recompensa), e o meu maior problema (risco) é apanhar feito uma vagabunda em clipe de rap dos anos 90, qual efetivamente é o risco? Ínfimo. Qual é a recompensa? Absurdamente grande. Este é o típico exemplo que foge do tradicional eixo Risco proporcional a Recompensa.

Sem título5

Qual a semelhança entre prostitutas e Mc Gregor? Ambos vão para Vegas sabendo que serão fodidos, mas receberão pelo show.

Conclusão

Se você recebesse $ apenas para cair na piscina com Michael Phelps, qual seria o maior problema? A menos que você saiba boiar e faça o suficiente para não morrer afogado, o seu maior problema será passar uma vergonha em perder para … Michael Phelps!

Quando Mc Gregor aceitou a luta com Floyd, seu maior risco seria perder a luta de modo vexatório para o maior lutador vivo de boxe. Um bicampeão do UFC sabe se manter em pé no ringue, então isso não é um problema real. Em questão financeiras, o seu risco era… zero! Apenas para irlandês pisar no ringue já recebeu milhões de notinhas verdes com a cara de Benjamin Franklin.

A ousadia não pode ser combinada com burrice.  Jogar todo o salário na Mega Sena é um exemplo de ousadia, mas definitivamente não é um exemplo de risco assimétrico. A ousadia deve ser combinada com oportunidades de risco assimétrico, ou seja, quando a recompensa é exponencialmente maior que o risco assumido.

Durante nossa vida, existem raras oportunidades onde o risco é ínfimo perto da possibilidade recompensa. E são estas que os membros da finansfera devem identificar e agarrar com unhas e dentes.  Oportunidades como estas passam poucas vezes na vida e tem um potencial estrondoso na acumulação de riqueza no longo prazo.

“É melhor ser impetuoso do que prudente, pois a sorte é uma mulher e é preciso, se deseja dominá-la, conquista-la pela força. É visível que ela se deixe dominar pelo ousado em detrimento do que age friamente. E, assim como a mulher, ela é sempre amiga dos jovens, pois são menos cautelosos, mais ferozes e a dominam com mais audácia.” Nicolau Maquiavel.

 

 

 

 

Advertisements

11 thoughts on “Seja McGregor – Ousadia e Risco Assimétrico

    • Fala Investidor Inglês!

      Primeiramente, obrigado pelo elogio. Quanto as oportunidades, existem várias durante nossa vida. Mas algumas realmente são raras. E as oportunidades com riscos assimétricos tão logo sejam identificadas precisam ser aproveitadas com unhas e dentes.

      Abs!

      Like

  1. TR,

    Ótimo texto. No caso do Mc Gregor, ainda tem mais uma coisa a considerar. Não é qualquer um que consegue essa luta, mesmo outros lutadores experientes não conseguiriam armar essa luta, ou seja, quem ousa vence!

    Abraço!

    Like

  2. Fala Termos,

    Ele foi estrategista, ele armou a luta com Floyd, saberia que iria perder mas fez seu show para ganhar dinheiro. O cara pensa out of the box.

    Imagine o aporte ganhando 130 milhões de dólares hein hahah

    Like

  3. Pingback: Termos Reais na Estrada: O Toque de Midas da $oja | Termos Reais

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s